• Lelo Brito

Música Europeia Pré-Moderna


O espetáculo deste sábado apresenta peças de compositores como Robert de Visée, Giovanni Girolamo Kapsberger e Alessandro Piccinini.


A Ocupação do Teatro da Fundação Cultural Vagão 98, neste sábado (10/7) convida você para uma viagem musical ao mundo europeu medieval, renascentista e barroco. O maestro regente de coral e orquestras e luthier Paulo Pereira de Freitas apresenta algumas das grandes peças musicais de todos os tempos escritas para teorba.


A teorba (fotografia) é um instrumento de cordas inventado na Itália, no Séc. XVI. Com corpo derivado dos alaúdes e dois conjuntos de cordas, ele era bastante usado nos concertos da época. As cordas da teorba se dividem em: "pequeno conjunto", composto em geral por seis cordas finas de tripa, cuja sonoridade pode ser modulada com a digitação da mão esquerda entre os trates, de modo idêntico a um violão; e "grande conjunto", formado em geral por oito cordas graves de tripa, instaladas acima do pequeno conjunto e que, tocadas soltas, vibram longamente, sustentando a harmonia da música.


O maestro Paulo Pereira de Freitas começou a estudar acordeom aos aos sete anos de idade. Aos 12 anos, passou a estudar piano. Ainda na adolescência, tornou-se músico profissional tocando contrabaixo acústico em grupos de Música Popular Brasileira. Aos 18 anos, descobriu o alaúde e em pouco tempo passou a integrar os principais grupos e orquestras brasileiras dedicados à música medieval renascentista e barroca. Diante da carência no país de luthiers dedicados a construir alaúdes, teorbas e violas barrocas e outros instrumentos pré-modernos, nos anos oitenta Freitas começou a fabricá-los.


Com vocês, a música do maestro Paulo Pereira de Freitas!


Clique aqui para conhecer as outras atrações da Ocupação do Teatro Vagão 98


18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo