• Lelo Brito

RIDÍCULUS APRESENTA O DOC "BOAL"


Grupo de teatro amador debate o legado de um dos maiores dramaturgos brasileiro


Neste final de semana, o teatro e o cinema brasileiro estão em cartaz na sede do Vagão 98. No próximo sábado (23/4), às 19h, o grupo de teatro lambariense “Ridículus” apresenta o documentário “Augusto Boal e o Teatro do Oprimido” (2010), de Zelito Viana. Após a exibição haverá debate sobre o filme e sobre Boal, o dramaturgo brasileiro que desenvolveu um teatro que é ao mesmo um meio de transformação subjetiva do ser humano e de transformação objetiva da sociedade. A entrada é gratuita e os ingressos limitados - é obrigatório o uso de máscara.


Augusto Boal (1931-2009) foi um dos criadores que mais contribuiu para a elaboração de um teatro genuinamente brasileiro e latino-americano. Desde os primórdios de sua carreira, no teatro de Arena, até elaboração do Teatro do Oprimido, técnica que o tornou mundialmente conhecido, sua preocupação sempre foi a de criar uma linguagem que traduzisse o “sentimento do mundo” dos brasileiros: nosso modo de falar, agir e pensar. Com espírito investigativo e revolucionário, Boal perseguiu um teatro popular e político, capaz de responder às questões sociais de um dos países mais desiguais do planeta. Seu Teatro do Oprimido reúne técnicas, jogos e exercícios teatrais capazes de inspirar a transformação social ao mesmo tempo em que forma o ator.


A exibição de “Boal’ e o debate marcam também a retomada das atividades do grupo “Ridículus”, suspensas há dois anos por conta da pandemia do coronavírus.

Reservas podem ser feitas pelo e-mail lelodebrito@vagao98.org


Será obrigatório o uso de máscara durante a exibição do filme e o debate. #teatrobrasileiro #cinemabrasileiro #ridículus #lambarimg #vagao98 #circuitodasaguas #arte #cultura


17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo