Título Vagão98 - Blog.png
  • Lelo Brito

O pianista norte-americano apresentará concerto e autografará seu novo livro.


No próximo sábado (16/04), às 19h, o teatro do Vagão 98 recebe o pianista norte-americano Gilbert Gambucci. No programa, um concerto de piano solo com músicas do romantismo estadunidense e brasileiro e a noite de autógrafos do terceiro livro do músico, “Renascimento do Terceiro Milênio: o papel vital da Música e das Artes na sociedade”. A entrada é gratuita e as vagas limitadas.*


Nascido em Jessup, na Pensilvânia, Gambucci começou os estudos de piano aos 6 anos. Aos 17 anos, venceu o prêmio “National Paderewski Piano Tournament Award”. Após graduar-se pela “Ithaca College School of Music”, em Upstate, New York, Gambucci deu concertos em quatro continentes, em países como Inglaterra, França, Portugal, Suécia, Finlândia, Rússia e no Brasil, onde vive hoje. Seu álbum mais recente se chama “Before & After”.


“Renascimento do Terceiro Milênio: o papel vital da Música e das Artes na sociedade” poderá ser adquirido após a apresentação, pelo preço promocional de R$ 40,00. As demais obras e álbuns do autor podem ser adquiridos pelo e-mail: gilbertgambucci@aol


O concerto marca a retomada das atividades presenciais na sede do Vagão 98, em Lambari-MG. Venha celebrar a música e as artes com a gente!


Reservas* podem ser feitas pelo e-mail lelodebrito@vagao98.org.


*Será obrigatório o uso de máscara e a apresentação do cartão de vacinação com comprovação do esquema vacinal mínimo contra a Covid-19 (duas doses ou a única da Janssen).


O Vagão 98 fica na Pça. Vivaldi Leite Ribeiro, 98, Centro - Lambari-MG


#pianosolo #noitedeautografos #literatura #gilbertcambucci #arte #cultura #suldeminas #lambarimg #vagao98

0 visualização0 comentário
  • Lelo Brito

Streaming brasileiro oferece gratuitamente filmes dirigidos por mulheres, até dia 31 de março


Em comemoração ao mês do Dia Internacional Mulher, até o dia 31 março o streaming brasileiro Filmicca está oferecendo gratuitamente sete filmes dirigidos por mulheres. São documentários e dramas de autoras europeias, latinas e orientais realizados na última década, alguns deles premiados. Para assistir aos filmes não é necessário se cadastrar no site. Basta abrir a aba “Degustação Filmicca” na página principal do streaming ou acessar diretamente os filmes nos links abaixo.


Título/ano: The Arbor (2010)

Diretora: Clio Barnard (Reino Unido)

Indicação: 14 anos Gênero: documentário, drama


Título/ano: Noite #1 (2011)

Diretora: de Anne Émond (Canadá)

Indicação: 18 anos Gênero: drama


Título/ano: Além dos Sonhos (2017)

Diretora: Rojda Sekersöz" (Suécia)

Indicação: 16 anos Gênero: drama


Título/ano: Solange e os Vivos (2016)

Diretora: Ina Mihalache (França)

Indicação:14 anos Gênero: drama


Título/ano: 3000 Noites (2015)

Diretora: Mai Masri (Palestina)

Indicação:14 anos Gênero: documentário, drama


Título/ano: Tempestade (2016)

Diretora: Tatiana Huezo (México)

Indicação:16 anos Gênero: documentário


Título/ano: O Retorno (2018)

Diretora: Malene Choi (Coréia do Sul)

Indicação:12 anos Gênero: documentário.



0 visualização0 comentário
  • Lelo Brito

A Fundação repassou os R$140.000,00 contratados com a SECULT-MG

aos artistas e trabalhadores da cultura


Na noite de terça-feira (21/12), o Vagão 98 concluiu com sucesso os pagamentos da Chamada Pública Simplificada nº 004/2021, o último auxílio emergencial para artistas e trabalhadores da cultura de Minas Gerais em 2021. Foram contempladas 56 pessoas físicas, de 12 áreas artísticas e culturais, com prêmios de R$1.900,00, R$ 4.000,00 e R$ 6.000,00 que totalizaram R$140.000,00 em repasses. As verbas são provenientes da Lei Aldir Blanc (Lei Federal nº 14017/2020), através da Secretaria de Cultura e Turismo do Estado de Minas Gerais (SECULT).


A Chamada Pública Simplificada de seleção do Vagão priorizou os artistas e trabalhadores da cultura que ainda não haviam acessado os recursos da Lei Aldir Blanc, seja através dos editais de 2021 do Vagão 98, dos municípios ou do Estado. A maioria dos contemplados, 60%, acessou os recursos pela primeira vez. E os prêmios foram distribuídos para 13 cidades mineiras, 98% delas da região do entorno do Circuito Turístico das Águas.

O Vagão 98 custeou toda a operação com verbas próprias, o que tornou possível repassar integralmente os recursos pactuados com a SECULT aos beneficiados. “Com a gestão criteriosa das nossas verbas de manutenção ao longo do ano, foi possível absorver o custeio da operação. E os critérios de seleção que empregamos proporcionaram uma rigorosa descentralização do acesso aos recursos, conforme o proposto pela SECULT”, observa Paulo Guerra, presidente da Diretoria Executiva do Vagão 98.


Toda a operação, desde o recebimento das verbas pela Fundação até a execução do último pagamento, foi realizada no tempo recorde de 30 dias. Um resultado que reflete a experiência da equipe do Vagão 98 na execução de propostas desta natureza e o compromisso da Comissão Avaliadora destacada para avaliar as propostas. Composta por 5 membros, sendo três presidentes dos conselhos do Vagão 98, um integrante da Fundação Cultural de Varginha e uma acadêmica da Academia Caxambuense de Letras, a Comissão Avaliadora trabalhou com dedicação e independência, a partir de critérios objetivos e impessoais.


Também colaboraram com a execução da Chamada Pública Simplificada como pontos de coleta de recibos: a Fundação Cultural de Varginha, a Fast Internet, de Cambuquira, a atriz Iviane de Carvalho, por Campanha, o produtor cultural do Vagão 98 Lelo de Brito, em Três Corações e a escritora Selma Bajgielman por São Lourenço.


Número de beneficiados por área cultural

Número de beneficiados por cidade

Clique aqui para acessar as informações do processo de seleção




0 visualização0 comentário